ELEIÇÕES 2014

#euvoto
Olá amigos, tenho sido muito questionado sobre meu possível voto para estas eleições, o fato é que para o principal está difícil, nunca pensei que assistiria um período eleitoral onde a certeza seria dúvida, insegurança, estamos todos cansados das mesmas coisas, no entanto precisamos acreditar e ser cidadão.
Ah, votar em palhaço não é protesto inteligente.
Sei bem como funciona o jogo partidário em nosso país e quando votamos em alguém também votamos em partidos, mas sinceramente, no meu ponto de vista os bons estão tão pulverizados em vários partidos que ficamos numa encruzilhada…

Então meu critério é votar em quem acredito, pelo histórico de vida, trabalho pessoal desenvolvido que beneficie além de si, por suas idéias e que por isso o cargo público não é objetivo $$$ mas sim uma vontade legítima de tentar fazer algo a mais e que sua imagem pessoal, sua trajetória digna vale muito mais do que qualquer jogo corrupto e escuso.
Então vou nos próximos dias divulgando meu voto. Peço respeito, já que este tema desperta muitos conflitos.
PARA SENADOR
Meu voto é para KAKÁ WERÁ
Porque me identifico, sua luta pela vida natural, sua origem, sua história incrível e muitos anos de trabalho para um despertar da humanidade mais humano com a vida.

kaka

Kaká Werá – 430 I SENADOR
Sugiro que assista https://www.youtube.com/watch?v=UK3Go8grhc0&sns=fb
Vote com consciência!

Abraços
Rodrigo Queiroz

2 Comentários

Arquivado em Pensamentos, Política

2 Respostas para “ELEIÇÕES 2014

  1. Caro irmão Rodrigo, muito interessante a sua postura. Apenas um reparo à questão dos votos nulos e brancos. Não, “eles não caem em somatória para aqueles que nem imaginamos”.
    Votar nulo ou em branco, embora pareça omissão, é posição própria da democracia. O efeito de votos nulos e brancos é o mesmo da abstenção, ou seja, reduzir o total de votos válidos, aqueles efetivamente dados a algum candidato, seja para quem for. E daí, reduzir o coeficiente eleitoral que permita saber, por exemplo, quantos votos uma legenda precisará para eleger um deputado (estadual ou federal).
    E no caso dos cargos executivo (governador presidente da República), os votos nulos e brancos, juntamente com as abstenções, servem para reduzir a quantidade de votos que o candidato precisará para obter a maioria, isto é, 50% + 1 voto.
    Visto desta maneira pode mesmo parecer que votar em branco ou anular implica em beneficiar alguém, mas, na prática, não é assim que funciona. Votar em branco ou anular o voto é, sim, uma opção que se coloca para quem não vê, entre as opções, colocadas, uma que vá ao encontro dos seus interesses, ou apenas quer exercer o seu legítimo direito de protestar contra uma determinada situação. Sem que isso implique no benefício de alguém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s