FASCINANTE REINO ELEMENTAL

O estudo sobre os Elementais fascina a medida que vamos abrindo a mente para a complexidade da Criação Divina, o micro e o macro na Criação, toda interdependência dos seres, espécies e formas vivas.

Já escrevi sobre algumas classes de elementais, hoje vamos compreender um pouco da estrutura do Reino Elemental e sua efetiva participação e atuação para a vida humana e terrestre.

Antes de continuar programe sua mente para interagir com o novo, desconsidere discurso fantasiosos e permita-se viajar numa rápida passagem á uma realidade paralela…

Conta-nos os Mestres da Luz que a primeira forma de vida etérica do planeta é a vida elemental, pois é, o Reino Elemental é a Dimensão responsável pela fomentação a essência prânica, sustentação no plano etérico e o transporte e materialização da natureza no plano físico.

Imagine que toda espécie de forma natural (águas, vegetais, minerais, fogo, ar, terra, etc) é proveniente do Reino Elemental, sua existência na Dimensão Humana e plano físico só é possível pelo trabalho executado dos Elementais.

Tudo da natureza existe antes no Reino Elemental e quando é determinado pela Lei Divina é feito o transporte para o plano material. Por isso que de tempos em tempos pesquisadores e cientistas se deparam com novas espécies botânicas, de formações minerais, enfim.

Os seres Elementais são em sua maioria instintivos, exceto Fadas e Sereias, o trabalhos dos operadores é contínuo, objetivo e específico a cada classe de elemental e elemento.

Não se engane, aqui não entra a criação de seres animais, estes pertencem a outro Reino.

Para compreender melhor vamos descrever a germinação e desenvolvimento de uma árvore.

Antes da espécie existir no plano físico, num determinado momento um grupo de Elementais responsável por uma espécie de árvore nova para o plano físico traz para onde pretendem que surja e desenvolva e num processo de materialização e condensação da semente/essência deste novo elemento é fixado no solo, outros grupos de Elementais vão garantir o desenvolvimento físico e etérico desta nova espécie e o que seguirá é um processo de repetição na multiplicação da mesma.

Uma vez já existente a espécie e mesmo que uma semente é plantada pelo homem o que ocorre no etérico é incrível. Já lançada ao solo, a semente, atrairá um elemental conhecido por Gnomo, são verdadeiros jardineiros do astral, eles tem um trabalho específico de magnetizar um determinado perímetro do solo, para desencadear um processo magnético de despertar da fonte original de onde veio aquela espécie no Reino Elemental. Isso irá “acordar” a essência vital da semente que desencadeara o processo de germinação até que desponte do solo o broto, é neste momento que um Duende assumirá o trabalho de dinamizar e potencializar o desenvolvimento da planta, o Gnomo continuará vinculado, atuando em sua raiz e o Duende no desenvolvimento e amadurecimento completo.

Quando este elemento já está seguro, raiz desenvolvida e corpo em pleno desenvolvimento é quando Silfos (Elementais do Ar) começarão a se envolver no processo, transitando entre o elemento físico, sua essência etérica e sua fonte original no Reino Elemental, estes darão impulso vibratório e magnético para o amadurecimento e vida da árvore em questão. Poderíamos dizer que os Silfos alimentam de oxigênio e atuam diretamente no processo de fotossíntese do elemento.

Estes Elementais são zelosos de suas obras e se mantêm constantemente vinculados, porém transitam entre Reino Elemental e plano físico que é quando podem ser vistos por apurados Clarividentes.

Perceba que cada vaso de flor, cada árvore, planta, erva, pedras, águas etc, são verdadeiros portais de conexão e passagem entre os Elementais para o Reino Elemental e plano físico.

Quando um elemento morre, seu prâna é recolhido pelos Elementais e devolvidos ao que chamamos de Fonte Matriz. Isto ocorre somente quando os humanos não absorveram prâna se alimentando ou mesmo usando-o magísticamente, enfim nada é perdido na natureza!

Os Elementais são responsáveis portanto pela base possibilitadora da vida planetária, não há vida sem a Natureza como a conhecemos e não há Natureza sem o trabalho dos Elementais.

Vamos encerrando por aqui, pense nisso e reveja seu olhar para a Natureza.

Axé!

PARTICIPE DO CURSO ON LINE

SERES DA NATUREZA

Deixe um comentário

Arquivado em Umbanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s