LINHA E ARQUÉTIPO DOS EXU MIRIM

Por Rodrigo Queiroz
Ditado por Exu Mirim das Sete Encruzilhadas

– Salve amigo!

– Salve, salve companheiro, como vai?

– Eu vou sempre bem amigo. Vim pra falar sobre nós.

– Estava aguardando a oportunidade, então vamos lá, o que tem pra nos dizer Exu Mirim das Sete Encruzilhadas?

– Vamos do início… Sabe amigo, por muito tempo julgaram nós como trombadinhas desencarnados, marginais e toda sorte de delinqüentes infantis.

– Ué, mas não são isso? (risos)

– Se não fosse sua risada já ia me retirar. A resposta é não, não somos e nem fomos.

– Mas há entre vocês esta classe de espíritos?

– Por mais que custem discussões intermináveis, tenho que falar que não, não é em nosso grupo de trabalhos que estes infelizes pequenos caídos vão cair.

– Então explique melhor Mirim, como se processa o surgimento de vocês, onde estão, porque aqui vêm?

– Entenda que este nome “exu-mirim” só existe aqui nessa religião de que manifestamos através da mediunidade, o “mirim” é porque somos pequenos mesmo, qualquer clarividente pode confirmar isso, mas se o clarividente for um bom observador poderá verificar que somos pequenos, mas não crianças como os Erês.

– O que são então?

– Pigmeus, isso mesmo, temos uma estrutura pequena, lembramos os anões só que sem deformações e pigmeus é o que somos.

– E por que quando incorporados se comportam como crianças?

– Desculpe amigo, mas garanto que não é um Exu-Mirim que está se comportando como criança, pois já disse, não somos. Acontece que por má informação por aí criou-se a idéia de que somos infantis e daí já viu, a relação médium-espírito é sempre complicada.

– É o tal do filtro!

– Isso mesmo, mas não tem problema, sempre lidamos bem com isso, enquanto estamos dando o suporte necessário ao médium ele pode até dar umas tropeçadas dessas, sempre tiramos de letra isso.

– Nossa Mirim, estou sentindo uma sensação de confusão com essas suas “revelações”.

– Hehehehe, tá mesmo? Que bom, fique tranqüilo que problema é conosco mesmo. Ou provocamos ou resolvemos.

– Tudo bem, deixe que falem e faça o que querem.

– Isso mesmo amigo, como eu disse, certas coisas é para bons observadores, que caia a máscara dos falsos “videntes” que mais vêem suas próprias fantasias que a realidade no seu nariz.

– Continue…

– Quando manifestado somos como viemos, brincalhões, extrovertidos e felizes, mas não confundir com “mal educados” ou “delinqüentes”.

– Claro.

– Pertencemos há uma dimensão que não é humana, porém muitos de nós já passamos por aqui no lado físico da dimensão humana. O povo pigmeu que por aqui passou veio com nossa estrutura “genética”.

– Mas eram vocês?

– Não, mas digamos que são primos distantes, o que muda é que vieram para a natureza humana e nós não temos esta natureza.

– E como falam nossa língua e podem interagir conosco?

– O grupo que vem para uma linha de trabalho com os humanos recebem por muito tempo treinamentos intermináveis e aprendemos “tudo” sobre vocês. Gostamos dos humanos que são tão complexos e simples para nós.

– Simples e complexos?

– É isso mesmo, um paradoxo. Isso que vocês são.

– E isso lhes agrada?

– Muito, somos muito curiosos e também outras atribuições nos liga a vocês. Exu e Pomba-Gira tem campos de atuação bem delimitado e nós trazemos em nossa natureza e função o que poderia chamar de ponte entre um e outro. Temos parte dos dois em nós e não somos humanos como dito.

– Por fim….

– Somos encantados preparados para interagir com os humanos fazendo a ponte entre Exu e Pomba-Gira sendo eles humanos e com a força natural ou a ligação com o “Orixá Exu”.

– Sei lá Mirim, esse papo tá ficando complicado.

– E quem disse que era pra ser diferente? Já não ouviu dizer que somos a complicação e solução pra isso?

-(risos) Sim já ouvi…

– Fazemos este trânsito. Porque Exu e Pomba Gira na Umbanda são humanos como você que caíram e estão no processo de retorno. Por conta disso, precisam de um “cordão” que os ligue à força Divina pura da estrutura “Trevas” que atuam.

– Por isso que dizem que onde tem um Exu trabalhando tem junto dele um Exu Mirim?

– Isso é verdade amigo. Mas não precisamos estar ali “fisicamente” pois estamos ligados o tempo todo de outra maneira.

– Tem quem pense que vocês são uma espécie de subordinados dos Guardiões.

– Outro erro, ninguém é subordinado de ninguém neste triângulo, Exu precisa de Pomba Gira que precisa de Exu Mirim que precisa de Pomba Gira que precisa de Exu que precisa de Exu Mirim. Entendeu?

– (risos) Acho melhor desenhar! (risos)

– Olha amigo, não entendo porque vocês complicam tanta coisa simples. Inventam um monte de besteira e não resolvem nada, só criam confusão.

– Lhe parafraseando, diria que tá faltando Exu Mirim na vida da galerinha aqui.

– Hehehe, digamos que sim…

– E o arquétipo, acaso tem algum pra vocês?

– Diria que não, mas vocês mesmo criaram, como símbolo pode fazer o arquétipo dos garotos e garotas que em tenra idade sofreram uma queda moral e comportamental. Até porque energeticamente quando eles passam pro lado de cá são reformados por nós. Lembrando que eles representam o descaso político e humanitário dessa sociedade encarnada no planeta Terra.

– Profundo isso Mirim.

– Achou amigo?

– (risos) Achei sim, mas nem vamos nos aprofundar nisso que então iria muitas páginas…

– Isso é verdade.

– E Pomba Gira Mirim, existe?

– E porque não existiria? Para tudo que é macho tem a fêmea, ou mudou alguma coisa na ordem da criação Divina?

– Tem razão…

– Só que diferentemente como é entre Exu e Pomba Gira humanos que têm seu campo de ação delimitado á natureza, nós Mirins nos entrecruzamos nas atribuições, um “invade” o campo do outro sem problemas.

– Então obrigado Mirim, foi muito interessante esta prosa.

– Não tem que agradecer amigo, estamos aí. E se complicar, pode nos chamar!

– Laroyê Exu Mirim!

Nota do Médium: Pra mim sempre foi estranho à linha dos Exu Mirim, apesar de trabalhar com eles regularmente. E por mais que se explique sobre eles ainda fica uma sombra, uma dúvida. Penso que é isso que movimenta eles, o revelado velado ou coisa do tipo. Desde que iniciei na Umbanda ouvi muitas coisas sobre Exu Mirim, dentre elas uma coisa repetida por muitos sacerdotes distintos é que o que Exu Mirim faz ninguém desfaz e que Exu Mirim descobre qualquer demanda ou magia negra. Fica mais fácil compreender isso agora. Pois sendo Exu Mirim uma entidade de uma dimensão diferente da nossa, tudo o que ele projeta está firmado numa dimensão inacessível a nós, por isso também ficam eles numa situação mais privilegiada tendo maior sucesso em “varreduras” nesta dimensão pra desfazer as demandas. Curioso, não?

Assentamento:

– 01 alguidar de barro;

– pinga;

– 01 tridente quadrado;

– 01 tridente redondo;

– doces;

– erva arruda;

– mel;

– refrigerante;

– vinho tinto

– 01 vela 7 dias bicolor preto/vermelho;

– 01 charuto;

– incenso de patchouly.

Preparo: Forre o alguidar com arruda, coloque os doces dentro do alguidar, o tridente quadrado do lado esquerdo e o redondo do lado direito. Misture num copo pinga com refrigerante, noutro coloque pinga e noutro vinho tinto. Acenda o charuto, a vela e o incenso.

Oração de assentamento:

“Divino Criador, Divinas Forças Naturais, Divinos Orixás, neste momento vos evoco e peço que imante este assentamento, consagre e o torne um portal por onde a força de Exu Mirim possa se manifestar, servindo de minha proteção e chave de acesso aos Mirins de acordo com o meu merecimento. Peço que a força dos Exus Mirins esteja presente e receba minhas vibrações.”

Ps.: Este é um assentamento universal para a linha de Exu Mirim, que pode ser consagrado a um Exu específico ou deixar aberto de forma universal.

Faça isto com fé e amor, terá ótimos resultado!


Fonte:
este texto faz parte da apostila que compõe o material de estudos do curso Arquétipos da Umbanda, desenvolvido e ministrado por Rodrigo Queiroz.
BLOG:
http://www.rodrigoqueiroz.blogspot.com/

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

7 Respostas para “LINHA E ARQUÉTIPO DOS EXU MIRIM

  1. Marcos caio

    Novamante aqui mas outra vez pra parabeniza-lo e tambem gosratia de dizer q eu trabalho com essa intidade q tem muita luz e muitos nao acreditam nele acho q ate minha diretora espiritual nao sabe sobre ele ou nao gosta de fala sobre ..mas enfim adorei esse esclarecimento e …q Oxala possa dar muita luz a minha a minha mae de santo q e posso trabalhar pela caridade …salve a Umbanda!

  2. Marcos Caio

    Boa noite …Adorei o seu post sobre essa intidade de muita luz e energia… que é a linhagem dos Exus Mirim apesar de que eu trabalho com ele muitas pessoas nao acredita neles mas tenho aki pra mim apos ler o deu documentario entre aspas…. Q eles estao aki sempre basta a pessoa ter sensibilidade das coisas divinas…Sem mas
    Enfim adorei o seu post e fica na Fé de Zambi ……

  3. Anonymous

    Não critico irmão, pois é essa a minha visão sobre exu mirim…
    Eu trabalho com o Brasinha da Calunga e ele diz que é pequeno mas não é criança.
    Em seu comportamente, é muito alegre e brincalhão, mas é muito educado…
    Ele diz que nunca encarnou na Terra.

    Axé

    Pandora

    pandorasuper@yahoo.com.br

  4. A Vani como ela é!

    Boa tarde, saravá irmão Rodrigo,

    Qdo comecei a ler pensei, nossa, ele começou a viajar, será q creio nisso td, ao decorrer da leitura meu pensamento formou-se melhor – Mas Vânia, vc crê nos seres encantados, agora sim, acho q ele tah certo, tem lógica – continuei lendo e pensei, é aí está a célebre mensagem que vira e mexe ouvimos, que nós, humanos encarnados só recebemos muitas vezes “parte da iniciação” por isso iniciação, pq ainda ñ estamos aptos a entender muita coisa, é como se voltassemos no tempo e quisessemos que o homem das cavernas entendessem como se procede a internet, é inviável, ele precisa estar apto para receber tal informação, senão tb pra ele de nada adiantaria saber sobre o assunto. Aí entra aquele ditado “o mestre chega quando aprendiz está pronto”.

    Obrigada por sempre compartilhar seus saberes conosco.

    Gratíssima por isso.

    abs fraternos

  5. Camila Ribeiro

    Muito bom o texto sempre
    achei Exu Mirim muito mais
    difícil de se entender do
    que os Exus e Pombagiras!

  6. Anonymous

    adorei o texto sobre exu mirim
    para mim muitas duvidas foram explicadas parabens rodrigo
    larayê exu mirim mojubâ axê

  7. Anonymous

    Parabéns pelo texto, complicou mais ajudou, rs!
    Muito interessante vê-los como uma ponte entre Exús e Pomba Giras, carregando parte dos dois em si, para mim foi uma revelação.
    Talvez esteja explicado então porque tanto mistério e encanto!
    Parabéns, muito bom o texto!
    Laroyê Exu Mirim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s